Skip links

Municípios do Peru, Chile e Equador participam do Workshop de capacitação do Pacto Global de Prefeitos

O treinamento do Pacto Global de Prefeitos para o Clima e Energia reúne 26 municípios e os Coordenadores Nacionais do Peru, Chile, Bolívia e Equador no Primeiro Workshop para Coordenadores do Pacto Nacional. Os dias de trabalho focaram nos objetivos da iniciativa e nas metodologias para produzir um Plano de Ação para Clima e Energia Sustentável (chamado SECAP). A capacitação ainda foi realizada no processo de alinhamento desses planos às Contribuições Nacionalmente Determinadas (conhecidas como NDCs) dos respectivos países, compromissos dos países para reduzir as emissões de gases de efeito estufa de acordo com a Convenção sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas. Portanto, a atividade foi uma oportunidade para capacitar as cidades-membro e as organizações envolvidas em seus processos de cumprimento de seus compromissos com o Pacto.

Representantes dos Coordenadores Nacionais do Pacto e de Municipalidades do Peru, Chile, Equador e Bolívia

Organizado pelo Projeto de Cooperação Urbana Internacional na América Latina e Caribe (IUC-LAC) entre os dias 20 e 23 de agosto em Lima, Peru, o evento também foi uma oportunidade em que se destacou o trabalho em desenvolvimento urbano sustentável de 10 cidades emblemáticas. O caminho seguido pelas cidades emblemáticas no alinhamento de seus planos de ação climática aos NDCs de seus respectivos países serve como um roteiro para que outras cidades implementem seus compromissos.

Cidades Emblemáticas

Cidades com ações emblemáticas na luta contra a mudança climática foram destaque no Workshop. Na ocasião, representantes dos Municípios de Trujillo e San Isidro, no Peru, de Santiago e Providencia, no Chile, e de Puerto Viejo e Cuenca, no Equador, apresentaram as experiências de seus municípios, seu progresso e os principais desafios locais nessa área. Ao falar sobre os desafios para a adaptação em Trujillo, Katerin Bustinza destacou as ações multi-institucionais realizadas pela Província, como a coleta e o processamento de informações técnicas e a formação de uma Mesa Temática para a Recuperação de Margens e Tiras Marginais, frente ao fenômeno El Niño costeiro de 2017 e o grande impacto de diferentes distritos da Província de Trujillo.

Contribuições

O Joint Research Centre (JRC) é o Centro Comum de Investigação (CCI)  da Comissão Europeia e é o órgão independente que fornece apoio científico e técnico ao desenvolvimento metodológico, à implementação e à monitorização do Pacto Global. Silvia Rivas Calvete, especialista do CCI encarregada da adaptação metodológica do Pacto, enfatiza que a ação a nível local é o que garantirá que a mudança no tema seja realmente possível e viável.

Sessão prática com parte da delegação do Peru

“As cidades são parte do problema, então elas precisam fazer parte da solução. É uma oportunidade para fazer a mudança “, destaca Silvia. “Se todas as cidades que já estão unidas ao Pacto atingirem seus objetivos, elas sozinhas já reduziriam muito mais do que toda a Europa e os Estados Unidos em seus objetivos para 2030”, acrescenta a especialista.

A componente de governança climática do Programa EUROCLIMA +, um programa da União Europeia que apoia a implementação de compromissos climáticos no âmbito do Acordo de Paris, proporcionou aos participantes do Workshop um módulo sobre o tema da Localização Territorial das NDCs, o processo de integração vertical das NDCs e o estabelecimento de uma metodologia para a região.

Apresentação do EUROCLIMA+

Comprometimento com o Pacto Global de Prefeitos

O Pacto Global de Prefeitos para o Clima e Energia é uma aliança global de cidades e governos locais voluntariamente comprometidos com a luta contra as mudanças climáticas, reduzindo seus impactos inevitáveis e facilitando o acesso à energia sustentável e acessível para todos.

Depois de se comprometer com a iniciativa, espera-se que as cidades realizem estudos sobre o clima para descobrir a atual situação ambiental no município. Em seguida, cada cidade estabelece suas metas de redução de gases de efeito estufa e, com o apoio do Pacto, passa a executar seu plano de ação para alcançar esses objetivos.

Para saber mais sobre essa iniciativa e como sua cidade pode participar do Pacto, acesse nossa página.

Return to top of page