Skip links

Quito envolve vários setores na construção de seu Plano de Ação sobre Mudanças Climáticas

O município de Quito, capital do Equador, trabalha no desenvolvimento de seu plano, levando em consideração as principais ações para reduzir emissões e riscos, com o objetivo de ter um roteiro de curto, médio e longo prazo para alcançar a neutralidade até 2050. Nesse sentido, o Ministério do Meio Ambiente organizou o seminário on-line de inclusão sobre planejamento de mudanças climáticas, em 14 de maio.

Nesse evento, a metodologia para a Ação Inclusiva sobre Mudanças Climáticas desenvolvida pelo C40, experiências de inclusão e participação no planejamento urbano em Medellín, os avanços no diagnóstico do contexto econômico, social e ambiental de Quito e as percepções de bem-estar e qualidade de vida na cidade pelo Instituto Municipal.

A eficácia do planejamento e da ação contra as mudanças climáticas depende da ação coletiva. É por esse motivo que o Município de Quito está trabalhando transversalmente para construir conhecimento e experiência de várias instituições e atores da cidade, como privado, acadêmico, organizações da sociedade e cooperação internacional. O planejamento da mudança climática é eficaz apenas quando inclusivo e leva em consideração todos os cidadãos e suas representações; onde os recursos e benefícios são distribuídos equitativamente.

 

Join the Discussion

Return to top of page