Skip links

O Pacto Global de Prefeitos expande sua atuação na América Latina

O Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia (GCoM) está em expansão pelos países da América Latina. Colômbia, Peru e Chile receberam reuniões do Pacto para coordenar ações nacionais com seus parceiros.

                                 Reunião de Coordenação no Peru identifica atores-chave no país

No começo do mês (02), ocorreu em Bogotá a primeira reunião do Comitê Consultivo Nacional da Colômbia na sede da Delegação da União Europeia (UE). O Comitê já havia sido formado antes. Estiveram presentes representantes do Secretariado do GCoM na América Latina, ICLEI, C40, ONU-Habitat, FINDETER, WWF, Ministério de Minas e Energia, Ministério de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. No encontro, eles puderam definir uma estratégia nacional e atividades para este ano alinhadas com iniciativas que já existem no país.

                                                 Entidades se reúnem em Bogotá

No Peru, o processo está em uma fase um pouco anterior. No dia 5 de março, na sede da Delegação da UE em Lima, houve uma reunião de coordenação para formar o Comitê Consultivo do país. Além do Secretariado do GCoM-LAC, participaram o Foro Ciudades para la Vida, AMPE, o Ministério de Moradia, Construção e Saneamento, o Ministério do Ambiente e a Presidência do Conselho de Ministros. Juntas, essas entidades puderam identificar possíveis atores-chave para a formação do Comitê.

                                            Reunião na Delegação da UE em Lima

No Chile, no dia 8 deste mês, houve a segunda reunião do Comitê Consultivo Nacional no Ministério do Meio-ambiente. Ali foi apresentada a estratégia nacional e as atividades para 2018, elaboradas pelos coordenadores nacionais, Adapt-Chile e AChM.

Join the Discussion

Return to top of page