Skip links

A Rede de Municípios Chilenos e autoridades locais visitam a Rede Argentina de Municípios contra a Mudança Climática (RAMCC)

Ambas as redes (RAMCC e Adapt Chile) são coordenadoras nacionais do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia, portanto, continuam a estabelecer objetivos comuns. “Com a Argentina, fazemos parte do Pacto Global de Prefeitos e, portanto, o que estamos propondo para 2020, em uma segunda etapa, é incorporar mais municípios no campo da mitigação. Penso que ambas as redes são um exemplo para outras redes no continente que estão iniciando seu processo de conhecimento e diálogo científico e político para ter cidades mais amigáveis ​​e resistentes às mudanças climáticas “, disse Cristian Gutiérrez (RedMuniCC).

Com uma agenda programada, foram realizadas atividades de intercâmbio que beneficiaram cada organização.

A RAMCC recebeu autoridades de Maullín e San Pedro de La Paz (Chile) e membros da equipe técnica da Adapt Chile, uma organização que coordena a Rede de Municípios do Chile sobre Mudanças Climáticas (RedMuniCC). Com uma agenda programada, de segunda-feira 20 a quarta-feira 23 de janeiro, foram realizadas atividades de intercâmbio que beneficiaram cada organização. O objetivo da reunião foi compartilhar experiências e metodologias sobre adaptação e mitigação às mudanças climáticas, levando em consideração as estratégias que cada país implementa e as propostas de conservação dos municípios participantes, como os desafios propostos pelo Pacto Global de Prefeitos. para Clima e Energia.

Dentro das atividades programadas, foi realizado o Workshop sobre Intercâmbio de Experiências sobre Ação Climática entre a Rede Argentina e o Chile. Nesse primeiro treinamento, também participaram equipes técnicas dos municípios chilenos que fazem parte da Rede, onde foram comparadas as condições naturais de cada país e as possibilidades de ação. A RAMCC treinou no desenvolvimento de estratégias de mitigação de gases de efeito estufa, especificamente no desenvolvimento de inventários de cidades e no Protocolo de Inventário de GEE a nível comunitário (GPC); O RedMuniCC compartilhou sua experiência particular na implementação de planos de adaptação.

Claudia Yañez, responsável pelo departamento de gestão ambiental da Diretoria de Meio Ambiente do município de San Pedro de la Paz, e Jorge Westermeier, prefeito de Maullín, compartilham que o treinamento em mitigação tem sido de grande valor técnico para seus locais. uma vez que no Chile os inventários municipais de gases de efeito estufa não são implementados e, por sua vez, é urgente poder aplicá-los. Nesse sentido, Teresita Alcántara, equipe técnica da RedMuniCC concorda: “Deixa-nos uma expertise em metodologia de mitigação das mudanças climáticas para reduzir as equipes técnicas locais. Na verdade, tenho experiências de gestão, desde o técnico até o planejamento territorial ”

Por outro lado, os membros, Cristian Gutiérrez, diretor executivo da RedMuniCC, e Teresita Alcantara, da equipe técnica, apresentaram metodologias de adaptação juntamente com a ilustração de casos particulares. Além disso, o prefeito de Maullín falou sobre o “Papel do município na conservação do patrimônio natural”, no qual ele compartilhou o caminho percorrido para obter a figura legal de um santuário da natureza para o rio Maullín e seus pântanos. Esse caso promoveu a visita às zonas úmidas de Rosário, no rio Paraná.

Fonte: Red Argentina de Municipios Frente al Cambio Climático (RAMCC)

Join the Discussion

Return to top of page